Homenagem a Oxóssi

Foi simples, mas cheia de energia a nossa sessão em homenagem a Oxóssi. 

Okê

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Oxóssi – Okê arô

Hoje é dia de homenagear esse grande Orixá que nos traz a fortuna e a fartura para todos os âmbitos da nossa vida.  Aproveitemos essa energia de fartura e a devolvamos para o mundo, para que todos vivam melhor e muito mais felizes. A devolvamos para a terra, com respeito e sabedoria.  A natureza merece dias melhores.

Um desafio. Vamos espalhar pelo mundo a nossa fartura amororosa, pois nesse mundo que começa a se regenerar, o que a humanidade está precisando é de amor, tolerância, harmonia, fé e paz.

Salve Oxóssi!

Salve todos os caboclos e caboclas!

Salve todos os seres que habitam as matas desse planeta!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Próximas sessões da tenda

Dia: 16 de janeiro – Homenagem a Oxóssi

Horário: 18h

Dia: 30 de janeiro – Mesa (Descarrego) 

Horário: 18h

 

Depois dessas duas sessões entraremos de férias. 

Logo publicaremos o nosso calendário de 2016. Fiquem atentos!

NÃO FIQUEM DE FORA – BINGO BENEFICENTE

Mais um ano preparamos o nosso BINGO BENEFICENTE para arrecadar fundos para a entrega dos doces, roupas e brinquedos, na Feta de São Cosme e Damião, em Sepetiba, uma ação que denominamos, Crianças com Oxalá. 

Não fiquem de fora! Venham passar uma deliciosa tarde conosco. Se não puderem estar presente, colaborem.

Toda contribuição é bem-vinda.

IMG-20150810-WA0002

Oxóssi rege 2015 – Nossa homenagem

Nosso sábado 24 de janeiro foi assim, homenageando Oxóssi.

Que esse Orixá traga fartura para as nossas vidas, já que também é o regente desse ano de 2015.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

As setes linhas da Umbanda – complemento

Estudando sobre a nossa religião encontrei um resumo que complementa bem a publicação sobre as Sete linhas da Umbanda, fazendo a ligação do Orixá e o seu referente na Igreja Católica.  

Segue o complemento:

1. OXALÁ – sincretizado com JESUS CRISTO, que chamamos de Pai Oxalá;

2. YEMANJÁ – sincretizado com NOSSA SENHORA, que chamamos a Rainha do Mar;

3. OGUM – sincretizado com SÃO JORGE, que chamamos de Guerreiros Romanos;

4. OXOSSI – sincretizado com SÃO SEBASTIÃO,  que chamamos Povo da Mata;

5. XANGÔ – sincretizado com SÃO JERÔNIMO, que chamamos Povo da Cachoeira;

6. CRIANÇAS – alguns se referem a IBEJIS ou ÊRES, sincretizado a SÃO COSME E DAMIÃO, que chamamos linha das crianças;

7. AFRICANOS, sincretizado com SÃO CIPRIANO, chamamos a linha dos Pretos-Velhos Escravos, que muito evoluíram quando de sua passagem através da escravidão. 

Existem também outros Orixás como: OXUM, IANSÃ, NANÃ, OBALUAÊ e outras entidades, tais como: baianos, boiadeiros, marinheiros, povo do Oriente,  que não são representados por uma linha.

 

As sete linhas da Umbanda

As sete linhas da Umbanda

 

Fonte de pesquisa: ARHAPIAGHA, Yamunisidha. Umbanda a proto síntese cósmica: epistemologia, ética e método da Escola de Síntese. São Paulo: Pensamento, 2002.

Oxóssi Caçador

Oxóssi

Faramos nossa homenagem a Oxóssi no dia 18 de janeiro às 18h

Na Umbanda é considerado patrono da linha dos caboclos, atuando para o bem-estar físico e espiritual dos seres humanos.

Segundo esta religião, Oxóssi é figura representativa de uma das sete forças principais de Deus: a força da luta, do trabalho, da providência e da afirmação positiva. Assim, para a Umbanda, Oxóssi representa uma das sete forças primordiais de Deus, pertencendo ao pólo positivo das energias espirituais, expandindo, irradiando e impelindo os seres para a construção vigorosa de seus destinos, bem como garantindo que os mais fragilizados encontrem doutrinação firme e amorosa, desenvolvendo seu saber religioso e sua fé.

A figura de Oxóssi tem origem na mitologia africana, para a qual seria um antepassado africano divinizado, filho deYemanjá, irmão de Omulu-Obaluayê e rei da cidade de Oyó, localizada na África sudanesa – de onde provêm os povos nagô (keto, ijexá e oyó) e mina-jeje. Também é considerado o caçador por excelência; o arqueiro de uma flecha só – sempre certeira.

Por não ser uma religião codificada, a Umbanda apresenta variação de ritos, símbolos e oferendas.

Em geral, considera-se que o dia de Oxóssi é quinta-feira e seu símbolo seria o arco e a flecha em ferro fundidos.

As oferendas a Oxóssi na Umbanda  – consideradas pela grande maioria de seus seguidores como ritos que potencializam a energia dos Orixás – são de elementos correlatos à do chacra do plexo solar, bem como ao comprimento de onda de cor amarela. Assim, suas oferendas haveriam de se aproximar de tal padrão energético, seja pela cor do elemento, seja por sua composição. Alguns exemplos de oferendas comuns em vários centros e tendas umbandistas: milho cozido; côco em lascas; girassol; rosas brancas; velas brancas e amarelas; cerveja; licor de caju; flores do campo; entre outros.

No Rio de Janeiro, São Paulo e demais estados do Centro-Sul do Brasil consideram São Sebastião como sincretismo de Oxossi (comemorado no 20 de janeiro); na Bahia o sincretismo de Oxossi é com São Jorge.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Oxossi_na_Umbanda

Vejam os videos com a musica de Roque Ferreira sobre o mito de Oxóssi

Retrato dos Deuses Africanos – Orixás

Navegando pela rede social, me deparei com um site compartilhado por uma amigo “faceboquiano”, Marco Andrade. O site, na verdade um blog, Pêssega d’Oro, mostra uma série fotográfica de representações dos Deuses do panteão africano realizada pelo fotografo, James C. Lewis,  que pode ser vistas clicando aqui Vale a pena conferir! São fotos delicadas, um trabalho estético refinado como os nossos Deuses merecem. 

Este slideshow necessita de JavaScript.