Sobre o Carma

Grande ensinamento da Monja Cohen.

Anúncios

A vida obedece ao Tempo – Sid Soares

Já parou para pensar que tudo na vida obedece ao Tempo, aos dias e anos, e essa força cronológica que o Universo exerce sobre nós é percebido em nossos cabelos quando ficam brancos, em nosso olhar a cada dia mais cansado, e em nosso corpo que passa a caminhar mais lentamente e por vezes arrastado?

Nossa vida, voz, corpo e órgãos envelhecem, mas e nossas emoções? Que curso tomam na estrada do tempo? Não, elas são a única coisa que não obedecem ao peso dos dias. Apenas as emoçoes e sentimentos perduram firmes e seguras transitando entre nós, dançando conosco todos os dias.

Na verdade, são as emoçoes que nos envelhecem ou nos torna jovens, é o peso das mágoas, do rancor e dos medos, é a insatisfação do que não se fez que empurra para baixo os nossos ombros, porque os braços que não trabalham em compasso com o que sonha o coração e nem com o que imagina a mente, se torna atrofiado para o propósito que foi criado. Assim envelhecem o coração, a mente e também os olhos, já que o objetivo deles é justamente enxergar aquilo que o coração quer e que os braços e as mãos ainda não criaram.

Mas também são as emoções que nos mantém jovens e mais que isso, vivos! Embora os anos, preocupações e dúvidas nos marquem o semblante, é a fé, a coragem e o amor o combustível da vida, são esses sentimentos as horas e os minutos do Tempo, que tem como ponteiros os nossos sonhos.

São as nossas esperanças em realizá-los que mantém ereta nossa coluna, nossos olhos brilhantes e o nosso sorriso farto e simples. Os sonhos podem não ter ainda alcançado as nossas mãos mas quando os temos no coração elas, as nossas mãos não cessam de buscá-los!

Mais textos do autor clic Sid Soares

 

“Eu vim lá de Angola, eu vim lá do meu congá”

Nós Negros e Negras brasileiras não devíamos esquecer essa data não, como alguns pretendem. Para mim, essa é a data mais importante, pois revela e diz que a LUTA deles NUNCA fora em vão e como diz meu amigo Wallace Lopez Espaçólogo, ainda vivemos o 14 de maio de 1988 até hoje. 

Segue o texto de Sid Soares para reflexão. Um belo texto.

Libertação
Me foi dito por uma entidade chamada Rosa, a quem eu muito agradeço os ensinamentos e mensagens que têm me trazido, que os navios negreiros agora são outros, e também são outros os quilombos onde buscamos nos refugiar e com isso, sem o entendimento das mudanças que nos cercam, na visão espiritual nós no plano físico corremos desesperados de um lado para o outro.

Cada um se refugiando em um esconderijo, um abrigo que a bússola da alma orienta. Segundo ela, o problema é a bússola e num momento onde vemos pessoas deixando pra trás suas casas, cidades e países, nós também somos refugiados, deixando pra trás nossa essência, nossa fortaleza, nossa esperança.

Os agentes divinos da Lei Maior estão trabalhando sem parar para acelerar o processo de evolução dos povos e nações, apressando processos de reencarnação e transmigração espiritual, clareando as mentes e os corações da humanidade e enquanto isso uma gama enorme de espíritos ligados a linha das almas, ou Yofá operam em nosso entendimento, nossos corpos mais sutis, fortalecendo nossa busca pela transformação do ser.

Mesmo que toda a sabedoria faça parte da mente humana, se faz necessário a orientação bondosa e serena de um preto velho, que visa libertar os filhos das encruzilhadas da alma. O cruzeiro ou madeiro, que é o símbolo da iluminação dos homens ultrapassando as esferas possíveis e nos guiando rumo ao impossível brilha hoje sobre o planeta como farol divino, mostrando as almas a direção do Bem.

Ainda que a violência nos assalte, seja na rua, em nossa casa ou mesmo dentro nós quando somos cruéis com nossos sonhos, o 13 de maio é um marco que se apresenta para todos na figura bondosa do preto velho ou preta velha que trabalhando, fazem mais que aconselhar, benzer, rezar…nos educam para a vida, para a nova vida. Não devemos confundir o olhar e a fala apaziguadora deles com uma subserviência humilhante, mas antes perceber que essa energia que recebemos deles é a energia do entendimento, da compreensão e da luta e perseverança pelo que é correto.

Onde houver e enquanto houver num 13 de maio uma oração, uma vela ou um copo d’água, onde houver um rosário ou um canto em louvor as almas e a essa Coroa Ancestral, por certo haverá também uma corrente luminosa ligando os planos da vida em favor do Bem Maior e do Mundo, haverá essa conexão entre a sabedoria e a persistência nos mostrando um caminho.

Nessa data onde os cruzeiros de todo o país se iluminam, os pretos velhos rogam a transformação dos filhos, do entendimento dos filhos. Oram pelo que ainda nos impede a caminhada, e somam forças pela liberdade dos povos começando pelos nossos olhos e corações pois como eles mesmo dizem: Só compreenderemos o sentido e a importância de liberdade quando enxergarmos de fato qual é a nossa prisão.

Rosa ainda me deixou duas perguntas libertadoras: Do que você tem fugido? Onde você tem se refugiado?

Saravá Umbanda – Umbanda Saravá!

Somos desse chão.

Somos Estrela do Oriente.

Somos Pai Mané de Aruanda.

Somos irmão de fé e na fé.

Somos caridade, amor, gratidão, compaixão.

Somos Orixás.

Somos as forças da natureza, selva brasileira.

Somos Quilombo, solo sagrado dos ancestrais.

Somos África.

Somos Aruanda.

Somos Zambi, Tupã, Pajé, Babalorixá, Ialorixá.

Somos entidades: Preto-velho, Exu, Pomba-gira, Ibeijada.

Somos Candomblé.

Somos Congá.

Somos altares cristãos.

Somos Zumbi.

Somos Zélio de Moraes, Diva Porto Magalhães, Ivo de Carvalho e Tião Casemiro.

Somos Religião.

Somos uma só Banda.

Somos Umbanda!

Este slideshow necessita de JavaScript.

27 de setembro – O dia que D. Rita Maria encontra os Erês

Hoje é um dia muito triste para nossa Tenda, pois vamos deixar de conviver com a presença adorável e calma da D. Rita, que fazia suas “bijús” para nos alegrar e nos deixar mais elegantes e lindas.

Que as crianças espirituais a recebam com muito carinho, amor e pureza que só elas têm.

Fica aqui registrado nosso carinho por essa senhora pra lé de especial.

Que nossos Erês e Oxalá a recebam como a senhora merece. Que sua estrela continue brilhando

 

Lá no céu tem três estrelas 

Todas três em carrerinha

Lá no céu tem três estrelas

Todas três em carrerinha

Uma é Cosme e Damião

E a outra é Rita Maria. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

D E N T R O

Existe um mundo exterior com o qual nos preocupamos e onde queremos que a vida dê certo. Mas temos também um mundo interior que muitas vezes é deixado em segundo plano, quando na verdade é o mais importante. Caminho espiritual implica ir para dentro de si e conhecer seu interior, sua alma. Nós não temos alma. Somos uma alma: uma faísca da Luz divina. Temos a Luz dentro de nós e todos os poderes da Luz. Trilhar o caminho da iluminação significa fortalecer nossa convicção no poder da alma de revelar Luz. Temos que transcender o temporário e conectar com o eterno dentro de nós. Temos um aspecto eterno e infinito. Não podemos acreditar nas limitações do mundo físico. Temos que saber que somos os criadores de nosso mundo. Nossa vida é como é porque nós mesmos decidimos assim. Quando nos interiorizamos e nos transformamos internamente num caminho de evolução espiritual, fazemos com que o externo se transforme equivalentemente. O externo é reflexo do interno. Em vez de investir a maior parte de nossos esforços em melhorar o externo, devemos investir mais no interno, em acessar a alma. Isso se faz através da meditação, da respiração, de compartilhar com os outros.O paraíso é dentro de nós. Está tudo aqui e agora.
Shmuel Lemle

A L E G R I A

A l e g r e – s e
A alegria é a chave, ensina o cabalista Rav Isaac Luria o Ari. Alegria abre portas. Alegria atrai bênçãos, atrai milagres. Como ter alegria? Tendo humildade. Estando aberto. Esforçando-se para ser humilde. Não tendo expectativas. Aceitando tudo que acontece e sabendo que é pelo bem. Sorrindo diante do desafio. As pessoas acham que estão infelizes por estarem cheias de problemas e que passarão a se sentir felizes quando conseguirem resolvê-los. Na verdade, a pessoa está com problemas por estar infeliz. A causa das adversidades é a tristeza. Fique feliz primeiro, e os problemas desaparecerão. Cante, dance, louve a vida. É bom agradecer ao Criador e cantar Seu Nome elevado, relatar de manhã Sua bondade e sua fidelidade à noite , dizem os Salmos.”De manhã” se refere aos bons momentos da vida, quando tudo vai bem e a pessoa se sente abençoada. Nesta hora não podemos ficar com ego. Precisamos lembrar que as vitórias vêm da Luz do Criador. Relatar de manhã Sua bondade significa atribuir tudo de bom que temos na vida ao Criador. “De noite” se refere aos momentos de dificuldade, de tristeza, angústia e aflição. O Criador tem certeza de que conseguiremos superar os obstáculos. Ele tem fé em nossa capacidade de revelar Luz na escuridão.
Shmuel Lemle

P A L A V R A

Parece que as palavras desaparecem depois que saem da boca de quem falou, mas não é assim.Palavras têm poder. Cada palavra que falamos cria anjos. Palavras negativas criam anjos que geram escuridão. Será que usamos nossas palavras para construir ou destruir? Uma pessoa pode destruir num instante aquilo que demorou anos para construir. Pense em como você usa as palavras. Faz fofoca? Grita e briga? Às vezes as pessoas se diminuem ao falar que são burras. Melhor é usar as palavras para iluminar o dia de alguém ou ser solidário com quem precisa de apoio.

Shmuel Lemle