Umbanda é coisa mais do que séria


Resolvi publicar um texto que li no Facebook, pois compartilho da opinião de quem o escreveu. Em todas as religiões existem os sérios e os aproveitadores, amplio para dizer que em todos os setores da vida existe a seriedade e o proveito. Reflitam sobre o que escreveu nosso irmão Dudu Marra

Bom dia, irmãos umbandistas! Volta e meia escuto os ensinamentos passados por determinados “guias” que trabalham com pessoas que se passam por dirigentes mas não se comportam como tal, envergonhando os verdadeiros dirigentes, preocupados em cuidar dos seus filhos, passando o seu conhecimento, para melhor desenvolvimento do médium.
Hoje, em especial, tive a infelicidade de ouvir uma explicação sobre sacudimento na Umbanda. Em quase 26 anos envolvido na religião, tive a honra de conhecer sacerdotes comprometidos com a verdade, sempre com a preocupação de orientar e ensinar aos filhos a simplicidade e ao mesmo tempo a complexidade da Umbanda. Sempre soube que SACUDIMENTO é o ato de realizar limpeza, lavagem e varredura do terreiro e/ou seus filhos. Descarrego. Quando soube que um médium, que foi consagrado a um cargo dentro da hierarquia de um terreiro, saiu falando que SACUDIMENTO é uma espécie de DESENVOLVIMENTO, onde o médium vai recebendo entidades enquanto é passado pelo seu corpo as comidas dos Orixás… olha como doeu meus ouvidos! Quase tive um troço e muita vontade de chorar!
Infelizmente um dirigente despreparado instrui mal seus pais e mães pequenos, seus filhos e toda uma assistência que, inocentemente, acredita naquele sacerdote, que deveria ser exemplo de moral, mas na verdade não tem folha nenhuma, e passa a vida a enganar e abusar da fé das pessoas. Incrível o desrespeito, o descompromisso com o Alto! Inacreditável! Sinto pena e infelizmente, vergonha. A Umbanda já é tão perseguida, tão incompreendida, e as vezes com razão, pois quem mais deveria respeitar a religião não o faz. É movido pela vaidade e soberba. E assim a Umbanda vai virando piada por aí, vai formando dirigentes de qualquer maneira, sem fundamento algum. E muitas casas vão sendo dirigidas por quiumbas que se passam por entidades de luz, que seguem sugando a energia de uns e destruindo a vida de muitos.
Onde fica a responsabilidade? Onde fica o compromisso com a espiritualidade? Onde fica a CARIDADE, frente mais importante da Umbanda? Peço desculpas aos que não concordam comigo, e que irão me julgar pela minha opinião. E desejo que usem olhos para ver, ouvidos para ouvir. A VERDADE é simples, clara e enriquecedora. Chega de pai/mãe de santo marmoteiro! Permita-se conhecer a Umbanda, estudar fundamentos! Um mundo irá se abrir à sua frente! Não permita se fechar na doutrina que um sacerdote descompromissado inventa, a fim de manipular seus filhos, e guiá-los no escuro, achando que toda salvação virá de uma entidade que há muito tempo se afastou do dirigente, pois uma entidade de luz jamais acompanha aquele que faz mal uso da sua mediunidade! E que Oxalá tenha misericórdia desses infelizes, que fazem mal uso de sua autoridade e quando o filho de santo não lhe oferece mais lucro, ou até mesmo quando enxerga a realidade e descobre o quanto foi iludido, é imediatamente banido do circo dos horrores! Salve a verdadeira umbanda, muita luz e coragem para os verdadeiros dirigentes, e um caminho de luz para nós, médiuns, compromissados com a UMBANDA!
SARAVÁ UMBANDA!!!
73004_452930608096552_237391175_n
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s