Iansã – Senhora dos Ventos

Hoje é dia de Bárbara

Iansã

Que luta 

Que varre as injustiças

Que liberta e diz para todas as mulheres 

Nosso corpos, nossas regras!

Não tenham medo de dizer não

Pois, o nosso corpo nos pertence

Liberdade e Justiça são seus lemas

Liberdade de dizer, de ser, de expressar-se no mundo

Justiça para com todos, com igualdade e fraternidade

Iansã 

Guerreira, feminina e feminista

“Ela é moça linda

Sua estrela é luminosa

Com sua coroa e seu buquê de rosas”

Iansã 

É vento que está em todos os cantos

Em todas as tendas, terreiros e barracões

Em todas as cidades, favelas e guetos

Na raiz do bambuzal deixei oferenda para Iansã

Para que com sua força, vento, raio e tempestade

Varra todas as mazelas do mundo. 

“Ê Parrei Oya!

Dona dos ventos

Mensageira de Oxalá

Ê Parrei Bela Oya!”

15350735_1288331287899705_3236141090007218298_n

Escultura de Wallace Lopez Espaçólogo

Saravá Umbanda – Umbanda Saravá!

Somos desse chão.

Somos Estrela do Oriente.

Somos Pai Mané de Aruanda.

Somos irmão de fé e na fé.

Somos caridade, amor, gratidão, compaixão.

Somos Orixás.

Somos as forças da natureza, selva brasileira.

Somos Quilombo, solo sagrado dos ancestrais.

Somos África.

Somos Aruanda.

Somos Zambi, Tupã, Pajé, Babalorixá, Ialorixá.

Somos entidades: Preto-velho, Exu, Pomba-gira, Ibeijada.

Somos Candomblé.

Somos Congá.

Somos altares cristãos.

Somos Zumbi.

Somos Zélio de Moraes, Diva Porto Magalhães, Ivo de Carvalho e Tião Casemiro.

Somos Religião.

Somos uma só Banda.

Somos Umbanda!

Este slideshow necessita de JavaScript.

CONQUISTA

Tivemos uma grande conquista hoje.

O Prefeito Eduardo Paes, atendendo ao pedido do vereador Átila A. Nunes, publicou decreto tornando a Umbanda como patrimônio imaterial da Cidade do Rio de Janeiro e instituiu o cadastro de terreiros.

Esse é mais um passo que damos para uma sociedade que saiba conviver com a diversidade religiosa, sempre respeitando o pensamento e a fé de cada um.

Também é mais uma forma para que os terreiros de Umbanda sejam reconhecidos como instituições religiosas que são, com todos os direitos previstos nas legislações municipal, estadual e federal.

unnamed

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/11/umbanda-e-declarada-patrimonio-imaterial-do-rio.html

Ganga Fundanga

Ganga

A palavra Ganga, na realidade “Nganga” palavra de origem kimbundo significa mágico, feiticeiro ou vidente… Para os angola-congolenses seria a denominação do chefe supremo, seria o mesmo que Tata ou o Grande Alufá… Era denominado com esse nome Ganga, os chefes dos antigos terreiros cabindas.

Fundanga

É instrumento utilizado, em alguns terreiros, no final da Gira de Exu, onde somente pode ser realizada, com a presença do Sacerdote Pai ou Mãe de Santo do Terreiro. Ela é presidida pelas entidades Chefe,  onde o Guardião Seu Tranca Ruas das Almas, juntamente com o Guardião do terreiro, no nosso caso – Seu Sete Estrada, “ativam um espiral, abrindo o portal de uma terceira dimensão”, onde no momento da queima da pólvora, ocorre uma limpeza de todos que participaram da gira. É nesta hora que os Guardiões agem pela misericórdia Divina, buscando onde quer que estejam, os espíritos trevosos obsessores, espíritos e falanges das sombras, chefes e todos os seus comandados, que por ventura estiveram em visita no Terreiro. Toda esta falange é convidada a se retirar, através de um minucioso plano estratégico traçado pelos Guardiões, porque caso contrário, continuam atuando e desestruturando o equilíbrio do local e de seus frequentadores. A massa densa e negativa que envolve a Terra, é fruto de espíritos inferiores que atuam com o auxílio dos que ainda habitam o planeta vibrando negativamente, com pensamentos e atos egoístas, invejosos, ambiciosos e de desamor. Estas atitudes vão contra as Leis Divinas, onde Olorum (Deus todo Poderoso ou Zambi) “gritou” pelo Amor Maior, através de seu filho Perfeito Oxalá (Jesus) que ensinou e demonstrou o Amor em sua forma e ação sublime. É com a autorização e em nome de Oxalá que tão despretensiosamente e caridosamente vêem todo esse exército – Os soldados da Luz – trabalhar em prol dos irmãos necessitados de auxílio e de Luz.

A pólvora é usada como um acelerador de partículas. Através da liberação de gases, acontece o movimento frenético das moléculas de água que compõem o nosso campo magnético, campo esse denominado de aura, energia resultante da queima das células de todo o corpo dirigido pelo cérebro, centro de comando do espírito, energia sutil apenas detectada em fotolitos.

A pólvora em queima, libera seus elementos sutis que interage neste campo liberando o vampirizado do cordão fluídico denso e negativo. Com o movimento frenético das moléculas dá-se o rompimento do mesmo liberando ambos os espíritos para o devido tratamento, acontecendo de forma idêntica com as larvas astrais que como ‘’carrapatos’’ do espírito se desgrudam e se desintegram na corrente elétrica provocada pela queima da pólvora.

Nenhum espírito é queimado pela pólvora. A sensação do mesmo na hora da queima é de um choque elétrico provocando na maioria das vezes um desmaio temporário ou um torpor dos sentidos do espírito inferior.

A pólvora é um elemento material utilizado para vibracionar o campo das energias sutis do corpo, assim como a água fluidificada é carregada de energia para que atue nas células do corpo físico e também igualmente como o passe magnético potencializador dos elétrons que pulam das mãos do médium para o corpo do receptor agindo nas células do corpo físico, fazendo então uma limpeza em todo corpo astral, espiritual e perispiritual do indivíduo assistido.

Portanto, só quem pode manipular, dentro do Terreiro a fundanga é o Chefe Supremo, o Babalorixá, o Sacerdorte com maior cargo dentro daquele espaço, pois a fundanga possui dois efeitos, se não for bem manipulada pode despertar as energias negativas. 

Vídeo: Tony Alves

Fonte: http://exuepombagiranaumbanda.blogspot.com.br/2012/08/fundanga-polvora.html

P E N S E N I S S O

                                                     LEIS UNIVERSAIS

                       LEI DE CAUSA E EFEITO:

Tudo o que você pensa, fala e faz, volta pra você. Cada palavra, pensamento ou ação enviam para o universo ondas eletromagnéticas fazendo com que se tornem realidade.

LEI DO RETORNO:

A lei do retorno é muito justa:, você pensou em algo e esqueceu, ou e não classificou esse “algo” como ruim, acaba causando o desmembramento de outros fatos igualmente ruins.

Tudo o que se pensa, fala e faz, tem retorno ruim.

LEI SEMELHANTE ATRAI SEMELHANTE:

Cada vez que você envia energias- boas ou más – para o universo, está atraindo energias semelhantes  à sua.Tudo que acontece ao seu redor, você é responsável, inclusive os acidentes, pois as vibrações estão na mesma freqüência.

LEI DO SILÊNCIO:

Cada vez que você critica alguém ou faz comentários sobre brigas de vizinhos, sobre assaltos, problemas pessoais ou ciúmes aumenta a energia negativa que acaba somatizando nos corpos sutis até chegar ao corpo físico, seja como doenças, acidentes, etc. É preferível se calar a a falar palavras negativas.

LEI DA PROJEÇÃO:

Essa lei ocorre quando você se projeta, inconscientemente, no outro. Por exemplo: alguém tem uma qualidade que você admira. É porque você tem essa mesma qualidade guardada no seu subconsciente.

O mesmo acontece quando você não gosta de determinado comportamento ou defeito de uma pessoa, significa que você tem o mesmo comportamento ou defeito dentro de si mesmo e, como não consegue identificá-los, se projeta no outro.

LEI DA DOAÇÃO:

Serve para movimentarmos as nossas energias e assim atrair a prosperidade. Você precisa doar-se para que essa energia de “doação”, que pode ser qualquer tipo, transforme as vibrações negativas em positivas.

LEI DO DISTANCIAMENTO:

É a compreensão de que nada nos pertence, nem mesmo as pessoas de nossa família (pai, mãe, filhos), amigos, animais domésticos  e bens materiais. Tudo é passageiro em nossa vida, inclusive o nosso corpo físico. Devemos amar e estar  

presente em tudo que está a nossa volta, porém devemos nos conscientizar, com sabedoria, do desapego amoroso.

Amar é estar presente, mas consciente das Leis do Universo, para não nos deixarmos abater emocionalmente.

 

A O S M É D I U N S

                                   Incertezas dos médiuns

São inúmeras as incertezas que sempre pairam na cabeça de um médium de Umbanda.

Podemos citar algumas:

-Estou no terreiro certo?

-Pratico corretamente minha mediunidade?

 -Posso fazer melhor?

-Estou na religião certa?

Podemos responder seguindo a ordem dos itens expostos:

1º- Não existe um terreiro que seja 100% correto, existe pessoas que sempre vão tentar fazer o melhor pela casa e pela religião. O médium tem que se sentir parte da corrente mediúnica,  tem que ser assíduo em todos os trabalhos e quando há necessidade. O médium que nunca pode nada, dificilmente achará uma casa que atenderá suas necessidades, pois todas as casas tem os trabalhos corriqueiros e trabalhos extras também. O médium para se sentir na casa certa, tem que estar em sintonia vibratória com a casa e respeitar suas diretrizes .

2º- Praticar a mediunidade corretamente é se entregar para que as entidades possam fazer uma boa comunicação, ouço médiuns dizendo; “hoje não estou bem! Não vou a gira.”Umbanda significa ser curador de si mesmo, significa ser sacerdote de si mesmo. Ao invés de se entregar a baixas vibrações, o médium deve  se surpreender e vencer suas próprias dificuldades, indo a gira, a corrente mediúnica, poderá vibrar por você, ao manifestar a entidade que trabalha contigo, ela em primeiro luar ajudará o próprio médium e se ela (entidade) não  conseguir equilibrar o médium, ela mesma poderá pedir auxilio aos guias responsáveis pela casa para ajudar o seu médium, por tanto praticar a mediunidade corretamente não é dar “x” consultas e “y” passes, é se ajudar em primeiro lugar. Praticar corretamente sua mediunidade é deixar a vaidade de lado, ser mais um na corrente e não o único.

3º- Sempre estamos em aprendizado, a evolução é contínua! Por tanto cabe a todos nós estarmos sempre atentos em nossas atitudes e em nosso modo de viver, uma boa pessoa com certeza será um bom médium e ser uma boa pessoa depende de nossa índole. Os guias responsáveis pelo médium sempre estão dispostos a ajudar o seu médium a evoluir. Mas será que o médium está pronto para ouvir  as mensagens espirituais?

 4º- Estar na religião certa é encontrar um motivo real para toda semana se congregar com Deus e suas vibrações divinas… Estar na religião certa é entender que a religião deve provocar uma mudança de fórum íntimo no  ser que vivencia a religião. A mudança é gradativa, mas ela existe! Muitas outras incertezas pairam a mente de muitos médiuns e devem sempre ser resolvidas o mais rápido possível, pois dúvidas atrapalham em seu desenvolvimento espiritual. Procure seus dirigentes espirituais , eles sempre poderão resolver de forma rápida suas incertezas.

Paulo Ludogero    

 

A M A R

A M A R

                        Amar não é fácil.Dá trabalho. Exige comprometimento. As pessoas têm expectativas erradas em relação ao amor.Uma história de amor não é um romance eterno e um constante namorar. Amor vem quando duas almas decidem se ajudar mutuamente num processo de evolução espiritual. Isso nem sempre é fácil. Existe um conhecido ditado que diz que, por trás de todo grande homem, há uma grande mulher.O homem precisa da mulher para alcançar seu potencial máximo . É importante conhecer o papel do homem e da mulher num relacionamento. O homem , quando se interessa por uma mulher, a aprova exatamente do jeito a vê e gostaria que ela continuasse para sempre assim. A mulher, quando se interessa por um homem, vê o potencial dele e pensa:”Com minha ajuda, acredito que ele possa melhorar”. O homem e a mulher devem manter esse pensamento inicial. O homem deve se esforçar para ouvir sua mulher e tê-la como prioridade na sua vida, porque é isso que a mulher deseja: ser amada em primeiro lugar. E a mulher deve se esforçar para continuar admirando o marido e acreditando no seu potencial. Mesmo se precisar ser dura com ele, internamente ela precisa acreditar  no potencial dele.Assim, os dois podem evoluir juntos e alcançar sua missão de vida.

Shmuel Lemle

 

27 de setembro – O dia que D. Rita Maria encontra os Erês

Hoje é um dia muito triste para nossa Tenda, pois vamos deixar de conviver com a presença adorável e calma da D. Rita, que fazia suas “bijús” para nos alegrar e nos deixar mais elegantes e lindas.

Que as crianças espirituais a recebam com muito carinho, amor e pureza que só elas têm.

Fica aqui registrado nosso carinho por essa senhora pra lé de especial.

Que nossos Erês e Oxalá a recebam como a senhora merece. Que sua estrela continue brilhando

 

Lá no céu tem três estrelas 

Todas três em carrerinha

Lá no céu tem três estrelas

Todas três em carrerinha

Uma é Cosme e Damião

E a outra é Rita Maria. 

Este slideshow necessita de JavaScript.